Informações, Novidades e Empregos em Tecnologia e Concursos Públicos em TI

Os sistemas Operacionais Linux mais conhecidos no mundo

Autor: Alessandro Cordeiro

Arch Linux

O Arch Linux é considerada para usuários mais avançados, por conta de sua filosofia de desenvolvimento. Ou seja, o Arch Linux é simples, flexível e considerada UNIX-like; definindo simplicidade como oferecer um ambiente sem complementos adicionais que permite ao usuário mudar o sistema de acordo com suas necessidades. Ela é uma distribuição fundada por Judd Vinet, em meados de 2002, e é otimizada para processadores i686/x86-64. 

Arch é uma distribuição rolling release, ou seja, o sistema é atualizado continuamente. Você obterá acesso às novas versões simplesmente mantendo o sistema atualizado através do gerenciador de pacotes. Utiliza o Pacman (Package manager – gerenciador de pacotes) que torna fácil a tarefa dos usuários personalizarem o sistema.O número de fiéis usuários tem crescido devido as suas inúmeras qualidades e sua filosofia de desenvolvimento. 

  • Gerenciador de Pacotes: Pacman (Package manager – gerenciador de pacotes)

  • Ambientes Desktop: Blackbox, Fluxbox, GNOME, IceWM, KDE, LXDE, Openbox, WMaker, Xfce

  • Alternativas baseadas no ArchLinux: ArchBang Linux e Chakra

  • Baseado em: Independente

  • Nível usuário: Avançado


Site Oficial: http://www.archlinux.org/ 

Download: http://www.archlinux.org/download/

 

CentOS

 

O CentOS é uma distribuição Linux Enterprise derivada de códigos fonte gratuitamente distribuídos pela Red Hat Enterprise Linux (RHEL) e mantida pelo CentOS Project, proporcionando um grande acesso aos softwares padrão da indústria, incluindo total compatibilidade com os pacotes de softwares preparados especificamente para os sistemas da RHEL. Isso lhe dá o mesmo nível de segurança e suporte, por conta dos updates, que outras soluções Linux Enterprise, porém sem custo.

Como o RHEL, CentOS tem suporte de no mínimo 5 anos de atualizações de segurança. Devido estas características empresariais, o CentOS é muito utilizado em ambientes de servidores Linux – em empresas de médio a grande porte.

Em resumo, mesmo tendo disponível ambiente Desktop em sua lista de downloads; o CentOS é mais recomendado para ambientes servidores. 

  • Gerenciador de Pacotes: YUM usando pacotes RPM

  • Ambientes Desktop: GNOME, KDE

  • Possíveis alternativas: Scientific Linux e Oracle Linux (comercial)

  • Baseado em: Fedora, Red Hat

  • Nível usuário: Avançado/Intermediário


Site Oficial: http://www.centos.org/

Download: http://www.centos.org/modules/tinycontent/index.php?id=13

 

Debian

 

Debian é uma das distribuições Linux mais antigas e populares. A primeira vez anunciada, foi em 1993 por Ian Murdock. Ele começou como um grupo pequeno de desenvolvedores de Software Livre e cresceu gradualmente para se tornar uma comunidade grande e bem organizada de desenvolvedores e usuários. 

Sua popularidade se deu devido a alguns números: vem com mais de 37.500 pacotes (softwares pré-compilados e empacotados em um formato amigável, o que faz com que sejam de fácil instalação em sua máquina) e deu base para mais de 100 novas distribuições Linux (como o Ubuntu).
Sua versão estável é exaustivamente testada, o que o torna ideal para servidor (segurança e estabilidade). Além dessa versão, existem versões unstable e testing

 

  • Gerenciador de Pacotes: APT usando pacotes DEB

  • Ambientes Desktop: Blackbox, Fluxbox, GNOME, KDE, LXDE, Openbox e Xfce

  • Alternativas baseadas no Debian: Ubuntu

  • Baseado em: Independente

  • Nível usuário: Avançado/Intermediário


Site Oficial: http://www.debian.org/ 

Download: http://www.debian.org/distrib/ftplist

 

Fedora

 

O Fedora é uma das mais populares e estáveis distribuições Linux que existem atualmente. O Projeto Fedora é patrocinado pela Red Hat (RHEL), a mais confiável provedora de tecnologia de código aberto do mundo. 

Era mantido pela gigante Red Hat até 2004, quando surgiu o Fedora Core, pois na época a Red Hat estava fechando seu sistema e concentrando-se no mercado corporativo. Isso significa que, desde o princípio, o Fedora já contava com o que há de mais moderno em tecnologia de software, assim como também contava com uma das mais competentes e dedicadas equipes em seu desenvolvimento. A Red Hat investe no Fedora para encorajar a colaboração e é incubadora de novas e inovadoras tecnologias de software livre. 

Por isto, o Fedora é considerado uma distro robusta. 

 

  • Gerenciador de Pacotes: YUM usando pacotes RPM

  • Ambientes Desktop: Cinnamon, GNOME, KDE, LXDE, MATE, Openbox e Xfce

  • Possíveis alternativas: CentOS e Pidora (distro baseada no Fedora – voltada para uso no Raspberry Pi)

  • Baseado em: RedHat

  • Nível usuário: Básico/Intermediário


Site Oficial: http://fedoraproject.org/

Download: hhttp://fedoraproject.org/get-fedora.html

 

Linux Mint

 

Linux Mint, uma distribuição baseada na distro Ubuntu (com o qual é totalmente compatível e partilha os mesmos repositórios), foi liberada pela primeira vez em 2006 por Clement Lefebvre, um francês que vive na Irlanda. Considerado por muitos como um “Ubuntu melhorado” ou o “Ubuntu perfeito”; por incluir drivers e codecs proprietários por padrão e por alguns recursos que permitem fazer em modo gráfico configurações que no Ubuntu são feitas de modo texto.

Contudo, o Mint não é apenas um “Ubuntu melhorado” – difere na adição de novas ferramentas, como: mintDesktop = um utilitário para configuração do ambiente da Área de Trabalho, mintMenu = um novo e elegante menu para facilitar a nevegação, mintInstall = um facilitador de instalação de novos programas e o mintUpdate = um gerenciador de atualizações de software. Em resumo, o principal objetivo da distribuição é oferecer um sistema Linux que funcione ‘completamente’ logo após a instalação, sem precisar instalar mais nada.
Mesmo tendo diversos benefícios, e ainda ser oferecido gratuitamente, o projeto é mantido por doações e publicidades, principalmente. Não existe um calendário definido de lançamentos (como o Ubuntu – semestralmente). Atualmente (2013), oferece uma versão baseada no Debian Testing.

 

  • Gerenciador de Pacotes: APT com o mintInstall usando pacotes DEB (compatibilidade com o repositório do Ubuntu)

  • Ambientes Desktop: Cinnamon, Gnome, KDE, MATE e XFCE.

  • Possíveis alternativas: Pinguy OS e Zorin OS

  • Baseado em: Ubuntu, Debian

  • Nível usuário: Básico


Site Oficial: http://www.linuxmint.com

Download: http://www.linuxmint.com/download.php 

Mageia

 

O Mageia é a distribuição Linux mais nova desta lista, formada em 2010. Contudo, vem com um slogan “Mude sua perspectiva”. É uma distribuição de origem francesa criada por ex-funcionários e colaboradores da Mandriva Linux. Ao contrário do Mandriva, que é uma entidade comercial, o projeto Mageia é um projeto da comunidade e uma organização sem fins lucrativos.
A distribuição vêm apresentando um crescimento acentuado de acordo com o Hit Ranking do site Distrowatch.com.

 

  • Gerenciador de Pacotes: URPMI usando pacotes RPM (com o a interface gráfica Rpmdrake)

  • Ambientes Desktop: GNOME, KDE, LXDE, Openbox, e Xfce.

  • Baseado em: Mandriva

  • Nível usuário: Básico/Intermediário


Site Oficial: http://www.mageia.org/

Download: http://mageia.org/en/downloads/

 

OpenSUSE

 

O openSUSE é um projeto comunitário gratuito patrocinado pela Novell – em contraponto a versão Enterprise do Suse (para servidores sendo software proprietário). Possui como diferencial o famoso YaST (Yeah Another Setup Tool), um software que centraliza todo o processo de instalação, configuração e personalização do sistema OpenSuse.

Por outras características, o OpenSuse é uma ferramenta de configuração completa e intuitiva; tem um grande repositório de pacotes de software e excelente documentação oficial. Em contrapartida, a sua versão desktop é muitas vezes vista com recursos pesados ​​e utilitários gráficos lentos. 

  • Gerenciador de Pacotes: YaST gráfico e terminal usando pacotes RPM

  • Ambientes Desktop: GNOME, KDE, LXDE, Openbox e Xfce

  • Baseado em: Independente (seus primórdios são oriundos do Slackware)

  • Nível usuário: Básico/Intermediário


Site Oficial: http://www.opensuse.org/

Download: http://software.opensuse.org/

 

Slackware

 

O Slackware é uma das distribuições mais antigas de todas as outras. Deu origem a diversas outras, igualmente ao Debian e o Red Hat. Foi idealizada por Patrick Volkerding, tem como características principais leveza, simplicidade, estabilidade e segurança. Possui a mesma filosofia de desenvolvimento que do Arch Linux.

Para muitos, é considerada uma distribuição difícil de se usar, voltada para usuário avançados. Por outro lado, o Slackware possui um sistema de gerenciamento de pacotes simples, assim como sua interface de instalação, que é uma das poucas que continua em modo-texto (Unix-like).

 

  • Gerenciador de Pacotes: Pkgtool e slackpkg

  • Ambientes Desktop: Blackbox, Fluxbox, KDE e Xfce

  • Possíveis alternativas: Arch Linux (possui a mesma filosofia de desenvolvimento)

  • Baseado em: Independente

  • Nível usuário: Avançado


Site Oficial: http://www.slackware.com/

Download: http://www.slackware.com/getslack/

 

Ubuntu

 

Originalmente baseada no Debian, foi anunciada a primeira vez em 2004. Posteriormente, o Ubuntu cresceu e se tornou a mais popular distribuição Linux desktop; e isso se deve ao fato dela se preocupar muito com o usuário final (desktop). Basicamente um dos motivos para tanta popularidade se deve a que o projeto foi criado por Mark Shuttleworth, um multimilionário Sul-Africano; ex-integrante do projeto do Debian. Inovador e desfiador, o Ubuntu foi criado para evitar os erros dos outros projetos semelhantes – ele criou uma excelente infraestrutura com uma documentação no estilo Wiki, criativo mecanismo de relatório de bug, e uma abordagem profissional para os usuários finais. E, o Projeto Ubuntu, que passou a ser da empresa Canonical, foi capaz de inovar; enviando CDs gratuitos a todos os usuários interessados​​, contribuindo assim para a rápida disseminação da distribuição.

O Projeto do Ubuntu se destaca perante a comunidade Linux por sempre inovar e empreender. Mantém um calendário fixo de publicações de novas releases (semestralmente), sendo algumas delas com suporte prolongado; de 3 a 5 anos (LTS version). Atualmente (2012-2013) inova na criação do Ubuntu Phone para smartphones e Ubuntu TV para televisores. E possui diversas edições, tais como: LUbuntu, Ubuntu Studio, Edubuntu e outros. Além disso, possui um ambiente de desktop diferenciado, o Unity.

 

  • Gerenciador de Pacotes: APT com pacotes DEB

  • Ambientes Desktop: Gnome, KDE, LXDE

  • Possíveis alternativas: todas as sua edições (LUbuntu, Ubuntu Studio, Edubuntu e outros) e o Linux Mint (distro derivada do Ubuntu mais famosa)

  • Baseado em: Debian

  • Nível usuário: Básico


Site Oficial: http://www.ubuntu.com/

Download: http://www.ubuntu.com/desktop/get-ubuntu/download

 

FreeBSD

 

FreeBSD é um sistema operacional UNIX-like para o i386, amd64, IA-64, PowerPC, e plataformas UltraSPARC. FreeBSD é utilizado por empresas, Provedores de Serviço Internet, pesquisadores, profissionais de informática, estudantes e usuários domésticos em todo o mundo no seu trabalho, educação e recreação. FreeBSD vem com mais de 20000 pacotes (softwares pré-compilados que é fornecido para fácil instalação), abrangendo uma ampla gama de áreas: a partir de software de servidor, banco de dados e servidores web, para o software de desktop, jogos, navegadores da Web e software de negócios sendo todos gratuitos e fácil de instalar.

 

.OS Type: BSD

  • Baseado em: Independente

  • Origem: USA 

  • Arquitetura: arm, armel, i386, ia64, mips, mipsel, sparc64, pc98,powerpc, powerpc64, ps3, x86_64, xbox

  • Desktop:GNOME,KDE, LXDE,Xfce

  • Categoria: Desktop, Firewall, Raspberry Pi, Server

  • Nível usuário: Intermediário

Site Oficial: http://www.freebsd.org

Download:http://www.freebsd.org/doc/en_US.ISO8859-1/books/handbook/mirrors-ftp.html

Red Hat

Red Hat Linux é uma distribuição de Linux muito conhecida, líder do mercado nos Estados Unidos, criada e mantida pela Red Hat. O sistema operacional pode ser baixado pelo site oficial da Red Hat, porem seu uso somente por 30 dias. Após esse período, deve ser comprado a sua licença para atualização ou suporte.

Um grupo de programadores na Carolina do Norte decidiu tornar o Linux mais fácil para possibilitar às pessoas uma experiência mais tranquila com o mesmo. Como muitos grupos, seu objetivo era empacotar todos os bits necessários numa distribuição coerente, facilitando aos inexperientes o contato com o novo sistema operacional. No entanto. esta distribuição tinha uma característica distinta das demais. Em vez de ser uma cópia de um disco rígido que tivesse o Linux instalado, ou um conjunto de disquetes com partes diferentes do sistema operacional que podiam ser copiadas, esta distribuição foi baseada no conceito de pacotes.

Cada pacote fornece um pedaço diferente de software configurado, completamente testado e pronto para rodar. Se o usuário quiser instalar um novo programa, poderá carregar o pacote e instalá-lo, podendo imediatamente utilizá-lo. Se o usuário quiser remover algum programa, poderá removê-lo com um único comando. Este conceito ainda facilita as atualizações, uma vez que os pacotes são carregados de repositórios pré-configurados.

O programa de instalação do Red Hat Linux pode ser executado em cerca de 15 minutos. Além dos pacotes de aplicativos (com a extensão RPM), há ainda um grande conjunto de ferramentas administrativas para administração do sistema.

A distribuição Red Hat está atualmente voltada para o mercado empresarial. No entanto, mantém a sua vertente comunitária através do projeto Fedora, que é uma distribuição totalmente livre, gratuita, desenvolvida comunitariamente e que serve de base ao Red Hat Enterprise Linux (sistema para ambientes corporativos).

.OS Type: Linux

  • Baseado em: Fedora

  • Origem: USA 

  • Arquitetura: i386, ia64, powerpc, s390, s390x, x86_64

  • Desktop: GNOME, KDE

  • Categoria: Desktop, Server

  • Nível usuário: Avançado

 

Site Oficial:http://www.redhat.com

Download:http://www.redhat.com/wapps/eval/index.html?evaluation_id=1008

Fonte:

http://www.efytimes.com/e1/fullnews.asp?edid=131557

http://www.linuxdescomplicado.com.br/2013/09/um-guia-completo-sobre-as-principais.html

http://pt.wikipedia.org/wiki/Red_Hat_Linux

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s