Informações, Novidades e Empregos em Tecnologia e Concursos Públicos em TI

Dual Boot Windows 8 e Linux com UEFI e Suporte ao Secure Boot

O exemplo que vou mostrar aqui foi realizado em cima de uma placa-mãe com UEFI e suporte ao secure boot.Nesse exemplo foi usado as 2 instalações, tanto do Windows 8, como do Ubuntu 12.10, imagens de 64 bits sendo praticamente um pré-requisito para firmware UEFI, para desempenho, lembro que funciona também de 32 bits.

Observação: O Unified Extensible Firmware Interface (UEFI), em português Interface Unificada de Firmware Extensível, é uma especificação que define uma interface de software entre o sistema operacional e o firmware da plataforma. UEFI pretende substituir a interface de firmware do Sistema de Entrada/Saída Básico (BIOS), presente em todos os computadores pessoais compatíveis com o IBM PC. Na prática, a maioria das imagens UEFI fornecem suporte legado para os serviços do BIOS. UEFI pode suportar diagnósticos remotos e reparação de computadores, mesmo sem outro sistema operacional. A especificação original EFI (Extensible Firmware Interface) foi desenvolvida pela Intel. Algumas de suas práticas e formatos de dados espelham aqueles do Windows. Em 2005, a UEFI tornou a EFI 1.10 (versão final do EFI) obsoleta. A especificação da UEFI é gerenciada pelo Unified EFI Forum.

Com as 2 mídias de instalação, faça a instalação primeiro do Windows 8, ou caso ele já esteja instalado, crie as partições dentro do seu gerenciador de partições do Windows, seja na instalação ou fora. Porque? Como o Windows 8 possui o suporte a partições EFI GPT, não tem problema você instalar ele primeiro. Assim como o OSX em hardware da Apple, é necessário você particionar o disco pelo sistema já instalado, tudo porque como a UEFI não suporta partições do tipo ms dos como nas antigas BIOS, o sistema trabalha com uma grande área estendida que é reservada como um “volume” e usado pelo setor de boot. 

Este procedimento e exemplo, é apenas para que você mantenha o Windows 8′s boot manager, o gerenciador de boot do Windows como “Primary OS Boot loader”. Você pode usar o grub2? Sim!, voce pode fazer isso criando uma área (primeira partição), com até 200MB do tipo “EFI Partition” (EFI GPT), como mencionado na imagem. Mas este procedimento é mostrar que alem do dual boot com o Windows 8, vamos usar o próprio gerenciador de boot deles para arrancar a partição de boot do Ubuntu. Então após a instalação do Ubuntu, será necessário vc entrar no Windows 8, instalar uma aplicação chamada “EasyBCD community edition“, cujo seu mantenedor é http://neosmart.net/EasyBCD/ para criar as entradas de boot no Windows 8 Boot Configuration Data (BCD).

Apos você deixar um espaço para a instalação do Ubuntu dentro do sistema do mal, ops, Windows 8, então conclua a instalação ou se o sistema já estava instalado apenas inicie a instalação do Ubuntu. Mas cuidado! Para você não perder a instalação do Windows 8 é necessário clicar em “something else” ou seja, na opção que permite você configurar manualmente e redimensionar o tamanho das partições Linux, usadas pelo Ubuntu.
Observações: Você na instalação do Ubuntu vai notar que o sistema vai te conduzir criar as partições lógicas. Como o Windows ja foi instalado e a sua área de boot também, o correto é que em maquinas com EFI, somente precisam de partições lógicas, sendo que a propria partição EFI GPT ja é responsável pelo boot. E no Linux, assim que você cria a primeira partição lógica pelo uniquity, anaconda, cfdisk e parted (e não pelo fdisk), automaticamente o sistema cria a área estendida. Você somente vai precisar criar uma única partição primária para montar em /boot. (Em máquinas com BIOS existe uma limitação da MBR de até no máximo 4 partições primárias).

Ponto de atenção: Para vc não destruir o Windows 8 boot e perder tudo, basta vc instalar o grub na partição de boot, como no nosso exemplo esta em /dev/sda3 e não no /dev/sda como se fosse a antiga MBR, deixa que o Windows 8 gerencia o boot.

Procedimentos de instalação:

1) Entre na UEFI e altere o boot start para o CD/DVD e entre na instalação do sistema operacional Windows 8 normalmente.


2) Crie as partições normalmente para o Windows, que neste exemplo foi criado uma partição de 75GB. Ao concluir o procedimento note a System Reserved partition, reservado para o sistema Windows or GPT. A partição de sistema reservada sempre tem 350 MB de espaço em disco, siga os passos de finalização do sistema até ser concluída.

3) Finalizado a instalaçao do Windows 8, entre com o CD de instalação do Linux, no exemplo vamos utilizar o Ubuntu e opte pelo particionamento manual dos discos conforme a imagem abaixo. Tudo leva menos de 4,9 GB de espaço em disco, compare isso com quase 15 GB para uma nova instalação do Windows 8.

4) A primeira partição que você vai criar é a de boot, o que será montado em /boot. Bom eu sempre fiz essa partição com ext2 devido a não utilização de journaling a ela, mas você pode utilizar o ext3 ou ext4. Essa área necessita ter apenas de 250 MB a 350MB.

5) Apos criar a partição de boot para o Ubuntu, foram criadas as partições SWAP, HOME e raiz de acordo com a disponibilidade do disco.

IMPORTANTE:Vale lembrar, como mencionado antes, que a instalação do Ubuntu não é a padrão, vamos ter que respeitar que o Windows 8 esta como OS Primary na máquina, ou seja, na opção de instalação do gerenciador de boot, o grub, não opte pelo disco, como fazemos em hardware PC com a firmware BIOS diretamente na MBR, mas na partição de boot que foi montado o seu /boot, que no exemplo abaixo esta em /dev/sda3 (montado em /boot). Muito cuidado nessa hora, pois se você errar estará destruindo o OS Loader do Windows 8. Note que foi alterado, conforme a imagem acima e sendo comparada a imagem abaixo a localização de instalação do grub, o nosso gerenciador de boot em “device for boot loader installation”.

6) Última tarefa e final, é adicionar uma entrada para o Ubuntu 12.10 ao menu de inicialização do Windows 8 e existem várias opções para fazer isso, uma delas é através do rEFInd, que é utilizado pelo procedimento de dualboot em hardware da apple e que permite mesmo com os procedimentos de boot do OSX voce tenha outra informação de GUID para arranque de vários sistemas operacionais e como ja escrevi no inicio da matéria através do próprio Boot Configuration Data (BCD), que é o gerenciador de boot do Windows, através do EasyBCD, que permite editar as entradas de boot do Windows 7 e 8, conforme ja foi mencionado no começo dessa matéria. Após instalar a aplicação no Windows, basta abrir e então editar o menu conforme a imagem abaixo:

7) Apos clicar em Add New Entry ou ” Nova entrada”, selecione Linux/BSD e marque em TYPEcomo GRUB2, em NAME coloque Ubuntu 12.10 (se for o seu caso), e em DRIVE marque,“Automatically locate and load”, e então clique em ADD ENTRY, conforme a imagem abaixo:

8) Clique em “Edit Boot Menu, e em Modify Menu Entries voce pode definir quem é o principal de entrada, como fazemos na linha Default do grub e até mesmo definir a ordem de boot. Voce pode também alterar o TIMEOUT para que o Boot Loader do Windows 8 mantenha mais tempo em execução para a seleção do sistema operacional, Windows 8 ou Ubuntu em máquinas com UEFI 😉

O resultado da instalação dos 2 sistemas operacionais em hardware com UEFI é o gerenciador de boot do WIndows 8, gerenciando também o boot do Ubuntu:

Fonte:

http://www.aprigiosimoes.com.br/2012/11/22/uefi-dualboot-windows-8-com-ubuntu/

http://pt.wikipedia.org/wiki/EFI

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s